Sinopses dos espetáculos

Dia 17/09 (sábado)

Fulaninha e Dona Coisa (Traço Cia. De Teatro – Florianópolis/SC) – Fulaninha é uma jovem moça do interior que chega à cidade grande, com a cabeça cheia de sonhos, para tentar a sorte. Já Dona Coisa é uma mulher bastante prática e moderna que prefere levar a vida solitariamente a tolerar as diferenças que dificultam as relações entre as pessoas. Assim, o espetáculo Fulaninha e Dona Coisa conta a historia de uma patroa de uma empregada, história essa que é desenvolvida através de peripécias causadas pela ingenuidade da Fulaninha e pela intolerância de Dona Coisa. Essa relação de poder e diferenças acabam despertando sentimentos ocultos da natureza humana, como a solidão e a carência afetiva. A partir de um jogo direto das atrizes com o público e com elementos da linguagem do palhaço, estabelece-se um encontro teatral pautado na comicidade e cumplicidade. Explorando a linguagem própria do teatro de rua e da comédia popular, a encenação busca criar um diálogo com moradores e transeuntes das comunidades que visita.
Ficha Técnica:
Direção:
Marianne Consentino

Direção de Arte: Mariella Murgia
Elenco: Débora de Matos, Greice Miotello e Paula Bittencourt/Egon Seidler
Músicos: Cassiano Vedana
Concepção Musical: Cassiano Vedana, Gabriel Junqueira Cabral e Neno Miranda
O Menino Sonhador (Bagagem Cênica – Itajaí/SC) – Era uma vez um menino chamado Matheus. Vivia sempre sozinho. O único amigo que tinha era seu carrinho de estimação, Cícero. Na escola diziam que ele era sardento, dentuça e feio. Ele se achava inferior ás outras crianças, e vivia sozinho. Gostava de dormir, pois dormindo ele sonhava e em seus sonhos ele era feliz. Em um de seus sonhos, O Cigano Sirineu, o leva a viver uma grande aventura, onde ele tem que enfrentar a bruxa malvada, destruidora das alegrias. Ela rouba seu carrinho e lhe lança um desafio: – Só devolvo seu carrinho depois de arrumar a minha charanga! (carro velho que faz de sua casa) Auxiliado por seu Jãnjão, Palhaço Pimpolho e Zé da Rua, ele vence a bruxa e vence os seus medos tornando-se um menino alegre, para a felicidade de seu pai.
Ficha Técnica:
Direção: Daiana Wagner
Elenco: Rodolfo Lemos, Otávio Barwinski e Diego Miranda.
Filomena e Gertrude (Ilustríssimos Senhores – Itajaí/SC) – Interferência Teatral:  Duas amigas de longa data, Gertrude é viúva, mãe de Sharlleny, está a procura de um novo partido; Filomena é solteira. Elas fundaram uma congregação “Pequenas Igrejas Grandes Negócios” e precisam arranjar dinheiro para depositar no fundo…
Ficha Técnica:
Elenco:
 Bruna Machado e Daiana Wagner
Pagando bem que mal tem (Bagagem Cênica – Itajaí/SC) – Neste espetáculo de humor, através das mais variadas cenas serão apresentadas algumas possibilidades ou saídas que o homem optou para ser feliz consigo mesmo e com a sociedade em que ele vive. Portanto, prepare-se para se deparar com o lado mais cômico da nossa humanidade…o próprio homem.
Ficha Técnica:
Direção:
Valentim Schmoeler

Elenco: Diego Miranda,  Otávio Barwinski e Rodolfo Lemos.
……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

 Dia 18/09 (domingo)

Devoradores de Livros (Grupo Porto Cênico – Itajaí/SC) – A encenação é conduzida por duas traças comedoras de papel, metáfora ideal para abordar o assunto, já que elas se alimentam dos livros abandonados, esquecidos nas prateleiras. A traça Bete já devorou muitos livros e a traça Abgail está começando a mudar sua rotina, e assim, ambas ingressam num universo de brincadeira, fantasia e gostosuras. A dramaturgia é permeada por duas histórias da literatura infantil: “O Pequeno Fantasma”, de Pedro Bandeira, e “O Pote Vazio”, de Demi, escolhidas por abordarem termas pertinentes ao universo da criança: os medos, a solidariedade, honestidade e auto-estima da criança frente as suas limitações.
Ficha técnica:
Direção: Leandro De Maman
Atuação: Valéria de Oliveira e Caroline Carvalho
Técnica: Osmar de Oliveira
Cenografia e figurinos: Samara Zukoski
Trilha sonora original: Chico Preto e Mr. Chuck
Dramaturigia: O Grupo
Fotografia e Design Gráfico: Leandro De Maman e Samara Zukoski
Mindingos (Ilustríssimos Senhores – Itajaí/SC) – Interferência Teatral – Dois mendigos precisam de dinheiro e fazem de tudo, de TUDO, para conseguirem  um pouco.
Ficha Técnica:
Direção e atuação:
Otávio Barwinski e Rodolfo Lemos
Bailei na Curva (A.E.C.A – Itajaí/SC) – Drama e comédia se misturam nesta história que nos leva a pensar e refletir sobre um passado tão recente, vivido por todos os brasileiros. As ações da ditadura do governo militar, hoje se fazem lembrança, e as histórias contadas neste espetáculo, são fatos vividos por muitos brasileiros que sempre sonharam com um país melhor.
Ficha Técnica:
Texto: Júlio César Conte
Direção: Ana Claudia Wessler e Valentim Schmoeler
Elenco: Adriano Magalhães Machado, Agnaldo Wessler, Ana Cláudia Pereira Wessler, Andressa de Assis Lebrão Romanholi, Camille Aline Vieira, Carlos Roberto Farias Júnior, Cristian Cardoso Ribeiro, Cristiana Bertolette Braga, Diego Miranda Silva, Eduardo Pereira Lira, Felipe Luciano Laurêncio de Souza, Flávia Cittadin Marcos, Guilherme Rebelo, Jackson de Brito Luiz, Laura Osório Laidens, Marcel Yago Bolda Langaro, Maria Tereza Zimmermann, Mariana de Souza Feitosa, Mauro Sérgio Santos Filho, Mayara Kellermann de Azambuja, Mônica Torinelli Nunes, Nathara Heloise Vieira, Patrick Cancelier, Pietra Paola Garcia, Sandro Candido Ribeiro, Tais Cittadin Guerreiro, Tatiane Jacobs, Victor Zaguini e Vinícius Bellé
Sonoplastia: Sandro Luiz Barth
Luz: Rafael Reis
Figurino: Camille Vieira e Nathara Vieira
Coreografia: Victor Zaguini
Cenário: Agnaldo Wessler
Duração: 120min
Classificação etária: 12 anos
 ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

 Dia 19/09 (segunda-feira)

As mentirosas (Ilustríssimos Senhores – Itajaí/SC) – “Era uma vez… três mentirosas. Ops! Mentirosas não!Contadoras de histórias! Mas não histórias quaisquer, são científicas. Foram comprovadas pelos próprios olhos. Juro! Ou vão me dizer que vocês nunca viram uma Rainha dos peixes? Pois ela existe. Numa cidadezinha chamada Santo Antônio do Sacrecré de Chipsuí de Minas e nós três vimos!! E também uma Rainha, aliás, a primeira Rainha que existiu no mundo que só queria saber de criar leis, mas aquelas leis “vê se pode”! E isso tudo nós vimos com nossos próprios olhos! Juro! Espera que a gente conta pra vocês. Tudo começou assim… Era uma vez…”
Ficha Técnica:
Direção:
O Grupo

Elenco: Bruna Machado, Daiana Wagner, Daiane Gonçalves e Telja Rebellato. 
Nascidos para rir (Ilustríssimos Senhores – Itajaí/SC) – Não é de agora que pesquisadores, médicos e educadores reconhecem a importância do riso na recuperação de um paciente, no convívio em sociedade, no fortalecimento das relações e no alívio das preocupações e tensões do dia-dia. O riso, o sorriso, a alegria só trazem resultados benéficos para vida de quem cultiva essa atitude. E a peça “Nascidos para Rir” compromete-se, de forma descontraída e dinâmica, conscientizar seus espectadores sobre a importância que um simples sorriso traz para sua vida e a vida de quem recebe essa mensagem.
Ficha Técnica:
Direção:
O Grupo

Elenco: Fabrício Carvalho e Marcos Carioca
“Emoções Baratas (ou eu Te amo Glória Pires)” (Cia Experimentus Teatrais – Itajaí/SC) – O filho único da melhor cabeleireira do bairro foi criado para se tornar um artista famoso. Em seu mundo delirante ele é um cantor das multidões e namora a maior estrela da televisão brasileira. Mas uma misteriosa tragédia familiar coloca em dúvida o talento e a sanidade do rapaz. Sua única alternativa é fazer de seu depoimento o maior show da sua vida.
Ficha técnica:
Texto: Gregory Haertel
Atuação: Daniel Olivetto
Direção: Renato Turnes
Adaptação, Figurinos, Cenário e Desenho de luz: Daniel Olivetto e Renato turnes
Preparação Musical e Edição de Som: Eduardo Serafin
Trilha Sonora: Renato Turnes
Voz em off: Renato Turnes e Larissa Schmidt
Confecção de figurinos: Chico Alfaiate e Daniel Kumagaiu
Cenotécnico: Sandro Clemes
…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Dia 20/09 (terça-feira)

Luisa (Cia Experimentus Teatrais – Itajaí/SC) – Agustin voltou. Luisa narra o seu reencontro com esse homem que,  após doze anos de espera, volta de repente em uma noite para despedir-se. O universo de Luisa e o universo de Agustín se entrelaçam, em uma história que mistura fatos, memórias e imaginação. As lembranças, reais ou criadas, compõem uma trama tecida e destecida pelo tempo, pelo amor e pela espera.
Ficha técnica:
Texto: Daniel Veronese
Atuação: Sandra Knoll
Direção: Barbara Biscaro
Cenário: Roberto Gorgati

Crimes Delicados (Grupo Teatral Acontecendo por Aí – Itajaí/SC) –
A peça explora a história de um casal de classe média que, sem ter o que fazer, e motivado pelos recentes crimes noticiados diariamente nos jornais, sempre se vê às voltas com a idéia de “eliminar” os próprios pais. Mas para isso será preciso muito treinamento. Com um grande texto de José Antonio de Souza, Crimes Delicados vai prender você numa trama envolvente e divertida.
Ficha Técnica: À CONFERIR
……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Dia 21/09 (quarta-feira)

Na moral (Sua Cia de Teatro – Itajaí/SC) – Um espetáculo falando de relacionamentos, vestibular, política, tribos…Quais as semelhanças e diferenças entre relacionamentos desde a idade média até os tempos atuais com a geração internet? E quando chega a hora do vestibular… Faço o que gosto, ou o que meus pais querem? Chega a hora de votar… Mudar, ou continuar? Nos dias de hoje são muitas as opções, e com isso muito mais dúvidas. Além destas interrogações, também abordaremos etnias, tribos, classes sociais, diferenças, preconceitos. Tudo com uma dose de crítica e com muito bom humor.
Ficha técnica:
Texto: Marcelo Marquetti e Leandro Magalhães
Direção: Leandro Magalhães
Assistente de direção: Marcelo Marquetti
Elenco: Marcelo Marquetti e Leandro Magalhães
Cenografia: Edson Wesller
Iluminação: Marcelo Marquetti
Operação de luz: O elenco
Trilha sonora original: Marcelo Marquetti
Figurinos: Leandro Magalhães
Aeróstato (Ospália – Itajaí/SC) – Interferência Teatral – Onde a voar pela poesia e ludicidade o palhaço, junto com o público, descobre o poder de criar e transformar o que nos cerca e o valor da despedida. Por alguns momentos o palhaço pousa nos olh-ares da platéia. Para logo em seguida seguir seu vôo em busca de novos olh-ares.
Ficha Técnica:
Direção e atuação: 
Charles Augusto
Folhetim (Grupo Porto Cênico – Itajaí/SC) – Muitas histórias, autores, graça e reflexão. Em cena o jogo de dois atores que dão vida a quadros do cotidiano. A partir das notícias de um de um jornal os atores se desdobram e se deliciam entre as seções de saúde, anúncios e carta do leitor e também saltam nas páginas policiais, política, relacionamentos e por fim falam das variedades. A dramaturgia organizada pelo Grupo é composta de contos, textos de esquetes advindos de autores como Karl Valentim / Groucho Marx / Nelson Rodrigues / Luis Fernando Veríssimo. A montagem se pretende bem humorada, com bons textos e bom jogo.
Ficha técnica
Elenco: Osmar de Oliveira e Valéria de Oliveira
Direção: Valéria de Oliveira
Dramaturgia / figurinos e cenários: O Grupo
Músicas: Carlos Cória

Operação técnica: Victor Hugo Schoepping
……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Dia 22/09 (quinta-feira)

As Pessoas de Minha Pessoa (Bagagem Cênica – Itajaí/SC) – Foram setenta e duas vidas criadas em papel, pelo grande poeta Fernando Pessoa, porém, três delas preencheram os ideais de Pessoa: Ricardo Reis, conselheiro e intelectual; Álvaro de Campos, descrente e sonhador e Alberto Caeiro, seu mestre. Eles são colocados a conversar com seus convidados na peça.
Ficha Técnica:
Direção: 
Rafael Orsi de Melo

Atuação: Valentim Schmoeler 
Riscado (Cia. Andante Produções Artísticas – Itajaí/SC) – Uma Grande atração acontecerá. Guti e Póc são os responsáveis pela organização do show. Tudo tem que estar perfeito à espera da Grande Atração. Enquanto ela não chega, os palhaços tratam de distrair o público, afinal, eles entendem do riscado!
Ficha Técnica:
Elenco:
Jô Fornari e Laércio Amaral
Noite (Grupo Porto Cênico – Itajaí/SC) – No palco as memórias e divagações de um casal. No jogo cênico, a tensão e a busca incessante pelo momento exato da paixão perdida no tempo, como num bolero antigo. Em volta de sensações híbridas e lembranças do passado. Noite trás à tona o cotidiano de dois amantes que entre paixão, empoeiradas emoções e silêncios apresentam uma vida que ainda pulsa.
Ficha Técnica
Texto: Harold Pinter
Tradução: Stephan Baumgärtel
Direção / iluminação / cenário: Pépe Sedrez
Atuação / figurinos / maquiagem / cenário / produção executiva: Valéria de Oliveira
Atuação / figurinos / cenário: Roberto Morauer
Trilha sonora original / canção: André Ricardo de Souza
Design Gráfico / fotografias: Leandro De Maman
Operação técnica: Osmar de Oliveira
Suporte técnico: Caroline Carvalho
Produção: Porto Cênico
………………………………………….…………………………………………………………………………………………………………………

Dia 23/09 (sexta-feira)

Bla Bli…Bla Bla (Grupo Porto Cênico – Itajaí/SC) – A contação de história Blábli…bláblá é uma atividade, que tem por objetivo desenvolver a apreciação estética literária de maneira fruitiva. Dois contadores armam seu tapete e derraman sobre ele seu acervo literário. A partir daí eles contam histórias daqueles livros, cantam e conversam com as crianças. Na contação estão contempladas histórias como “Peppa” – “Até as princesas soltam pum” – “Gabriel” – “O homem que amava caixas” entre outras obras literárias.
Ficha Técnica:
Contadores:
  
Osmar de Oliveira Netto e Valéria de Oliveira
Aeróstato (Ospália – Itajaí/SC) – Interferência Teatral – Onde a voar pela poesia e ludicidade o palhaço, junto com o público, descobre o poder de criar e transformar o que nos cerca e o valor da despedida. Por alguns momentos o palhaço pousa nos olh-ares da platéia. Para logo em seguida seguir seu vôo em busca de novos olh-ares.
Ficha Técnica:
Direção e atuação:
Charles Augusto
Patética (Ilustríssimos Senhores – Itajaí/SC) – O Circo Albuquerque tem o prazer de apresentar o seu último espetáculo. A verdadeira história de Glauco Horowitz, subentitulada Patética! A chegada do casal Horowitz ao Brasil seria para eles, judeus iugoslavos, a possibilidade de uma nova vida. O recomeço de sua história fragmentada pela guerra. Fixam moradia e erguem suas vidas em São Paulo e vêem seu filho, Glauco, ingressar no jornalismo. Profissão que seria sua glória e sua destruição. A patética história de Glauco Horowitz serve como documento, denúncia e atestado de um triste episódio da nossa história. É uma peça verdadeira e pungente que reafirma o valor do autêntico teatro brasileiro como expressão lúcida das crises e angústias de nosso povo.

Ficha técnica:

Texto: João Ribeiro Chaves Neto
Direção: Rafael Orsi de Melo
Direção: Renato Turnes
Elenco: Bruna Machado, Daiana Wagner, Fabrício de Carvalho, Jônata Gonçalves, Otávio Barwinski e Rodolfo Lançoni
Figurino: Denise da Luz e o grupo
Concepção de Luz: Max Reinert/ Operação de Luz: Daiane Gonçalves
Trilha sonora original: Fábio Felippi
Operação de som: Camila Gonçalves
Cenografia: O grupo
…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

 Dia 24/09 (sábado)

Eu vou morar na lua (Sua Cia de Teatro – Itajaí/SC) – Conta a história de um menino chamado Frederico, que sempre foi um garoto muito inteligente, alegre, ativo… brincalhão. Certo dia acordou, e viu que o planeta estava muito mudado. Era poluição, guerra, fome…Resolveu então ir para um lugar calmo e sem poluição. Ele foi tentar morar na lua!!! Entre o acordar desta manhã e a viagem à lua, ele acaba conhecendo vários personagens maravilhosos como: O Aviador, Seu Honorato, o Pirata e a narração do contador de história Inocêncio.
Ficha Técnica:
Direção:
O Grupo

Elenco: Marcelo Marquetti e Leandro Magalhães
Espia Só (Cia. Andante Produções Artísticas – Itajaí/SC) – Interferência Teatral – A Tenda atrai o olhar curioso dos transeuntes e no interior das caixas misteriosas são apresentados simultaneamente três espetáculos para um espectador por vez. Minutos de sonho para espiar à vontade. São três histórias: “Baldio” – dois homens numa noite escura e sombria. Uma história de quem não sabe o que fazer, mas mesmo assim o faz. “A Iluminação” – uma história zen sobre um discípulo relaxado e um mestre surpreso. “Maria do Cais” – mulher poesia, mulher do porto. Cais dos amantes, dos perdidos.
Ficha técnica
Direção geral e produção: Jô Fornari
Direção de cena: Marcelo F. de Souza
Manipuladores: Jô Fornari, Sandra Knoll e Laércio Amaral
Cenografia: Roberto Gorgati
Designer gráfico e Figurino: Daniel Olivetto
Trilha sonora: Fernando Knoll , Fabio Kabelo , Trupe sonora Casa de Orates e Canção “Cais do corpo” de Paulo Freire
Orientador de pesquisa da cultura Cigana: Lourival Andrade Junior
Fotos: Guilherme Meneguelli e José Matarezzi
Viandeiros (Florianópolis/SC) – “Viandeiros” é um espetáculo que transporta o público em uma viagem pela diversidade cultural brasileira. É através dos personagens representados pelo ator e músico Luiz Canoa, em suas transformações vocais e corporais que está o passaporte para essa viagem. Trata-se de um mosaico poético onde o teatro, a dança e a música fundem-se para dar origem a uma reflexão sobre o lúdico e o sagrado, a liberdade e o poder, a tradição e a contemporaneidade.
Ficha Técnica:
Direção:
Gil Guzzo
Atuação:
Luiz Canoa
Contos Notívagos– (Cia Experimentus Teatrais – Itajaí/SC) – “Contos Notívagos” é sobre um locutor de rádio que faz seu programa de todas as madrugadas. Nesse programa, ele conta estórias de realismo fantástico, noite após noite e sempre com a desconfiança de que ninguém o está ouvindo.

 

Ficha Técnica:
Direção e atuação:
 
Marcelo de Souza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s